Espaços Planejados

Como escolher as louças sanitárias para o banheiro?

louca sanitariaNum primeiro pensamento, o banheiro não ganha muita atenção de quem está pensando em construir. Mas se pararmos para analisar com mais calma, podemos facilmente entender que o espaço pode ser um grande aliado na hora de relaxar. Bem planejado e ambientado,  ele ganha muita relevância num projeto. Mas como escolher as melhores peças e as louças sanitárias para ter um banheiro confortável e charmoso?

Separamos algumas dicas. Confira!

 

Selecione os tipos de louças sanitárias e organize o layout

Nesta lista da Casa.com, há inúmeros modelos de louças sanitárias para você se inspirar e dar um novo arranjo ao seu banheiro. Hoje existe no mercado uma infinidade de opções de vasos e pias e outros elementos, mas com as nossas dicas de como escolher os tipos, cores e materiais você vai acertar na escolha das peças ideias para seu espaço.

A primeira dica é que antes de sair à procura, é importante ter o projeto do ambiente bem definido. Apenas as dimensões do espaço podem ajudar, mas não são a melhor solução. O ideal é ter um arquiteto para organizar e executar as ideias e deixar o banheiro bonito, moderno e prático, levando em consideração a parte estética e também o orçamento.

Organizando o layout

louca sanitariaPara haver mais harmonia e espaço no ambiente, as cubas não devem ser muito grandes, assim como vasos sanitários não devem ser vistos por quem está do lado de fora do banheiro. Para escolher as louças sanitárias é importante saber então quanto espaço cada peça pode ocupar no cômodo. Isso porque existem louças de todos os tamanhos, algumas com design mais tradicional, outras mais modernas. Quem tem um banheiro bem grande pode abusar e variar o tamanho das peças; já se o banheiro é pequeno, utilize peças de tamanho padrão.

As empresas desenvolvem linhas completas, facilitando a escolha e prevenindo possíveis diferenças de tonalidades e estilos das peças. Mas as cubas e os vasos não precisam ser necessariamente da mesma linha. Tenha atenção apenas se  eles estão formando uma composição harmoniosa de tamanho e cores. Vale lembrar que louças tradicionais e simples, que tendem a ter preços mais competitivos. A vantagem dessas peças é que elas se encaixam bem em qualquer lugar, pois seguem um tamanho padrão e tem um visual neutro.

Cores

O preto e as peças coloridas são as cores prediletas para consumidores ousados e que querem deixar o ambiente mais contemporâneo. Se você tem disposição para correr atrás de peças desse tipo, pode também trocar as válvulas e metais para deixar louça ainda mais personalizada. Mas o custo é sempre maior. Uma bacia de cor preta pode custar até 15% mais que outra de cor neutra, por exemplo. Ainda existe a possibilidade de ousar e misturar louça branca e preta, desde que fique dentro da proposta de cores do conjunto. O que não se deve é usar duas peças com tonalidades diferentes de branco.

Tipos de louça sanitária

  • Vasos

louca sanitariaAntes de escolher o vaso sanitário do seu banheiro, é preciso ter definido no projeto se ele será convencional com válvula na parede, com caixa acoplada à louça ou ainda suspenso, que exige estrutura de esgoto especial. O vaso sanitário com caixa acoplada tende a ser mais econômico em relação aos gastos com água, e alguns modelos até possuem dois botões de descarga para evitar qualquer tipo de desperdício.

Quase todas as marcas disponibilizam as linhas nas duas primeiras opções. Já as suspensas são mais difíceis de encontrar e custam mais caro.

Na escolha dos vasos, deve-se analisar o tipo de encanamento do imóvel, pois geralmente as construções mais antigas possuem o mecanismo acionado pela válvula na parede e caso você queira utilizar o vaso com caixa acoplada, terá que arcar com um investimento ainda maior, pois terá que fazer a substituição de todo o sistema de encanamento.

  • Cubas

Quanto às cubas, também são muitas as opções e o espaço disponível é fator determinante, principalmente para ambientes pequenos.

O modelo mais comum é o de coluna, destinado a projetos sem bancada – o lavatório em si ocupa pouca área e tem baixo custo de compra e instalação. Há também lavatórios que ficam apoiados apenas em abraçadeiras, dispensando essas peças. Já para quem optar por bancada, vai precisar escolher entre os modelos de cubas.

louca sanitariaExistem três tipos de cubas: de sobrepor, de embutir e de semi-encaixe. As cubas de sobrepor estão na moda e são encaixadas sobre a bancada do banheiro, exibindo a borda como acabamento. São muito usadas em lavabos, pois costumam ser menores e dão charme ao espaço. As cubas de embutir, coladas por baixo do tampo, são as mais tradicionais e mais em conta. Já as de semi-encaixe, que tem uma parte acima do tampo e outra pendurada, são indicadas para quem tem pouco espaço no banheiro e precisa de uma bancada de pouca profundidade.

Cuidado com as cubas de sobrepor, pois muitas não são fabricadas corretamente. Elas possuem diversos formatos – quadradas, retangulares, redondas ou ovais – mas é importante verificar se, além de bonita, a cuba tem altura suficiente para a água não espirrar durante o uso e se o uso contínuo da peça é confortável.

Lembrando ainda que a escolha da torneira deve ser levada em conta na hora da compra da cuba. Deve-se entender qual será a área livre para as mãos e se a água vai cair perto do ralo, evitando respingos.

  • Bidês

Com as duchas higiênicas, os bidês caíram em desuso.  Além disso, com cômodos cada vez menores, fica bem mais difícil colocar mais uma peça dentro deles. Mas se você quiser uma peça dessas, algumas linhas ainda têm bidês no catálogo de produtos. E primeiro escolha o bidê, pois a bacia deverá ser da mesma linha.

Para saber mais sobre dicas de arquitetura e construção, acompanhe as atualizações do Blog da Recta Quatro. Se tiver alguma dúvida, deixe um comentário ou entre em contato.